<
Web Ring Liberal
Ring Owner: Julio Belmonte Site: Web Ring Liberal
Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet
Site Ring from Bravenet
!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd"> Nova Mensagem: Junho 2005

Nova Mensagem

Fábio V. Barreto

|

quinta-feira, junho 30, 2005



*Cortesia da Cris Camargo

|
Alunos da rede pública podem ter laptops de graça

Legal! Boa parte das escolas públicas não têm cadeiras, lousas, professores qualificados nem seguranças, mas o Lulinha acha que ter laptops é artigo de primeira necessidade. Genial!
|


Ah, só para fazer um pouco de raiva aos esquerdinhas!
|
Sociólogo fundador do PT diz que Lula é um "político bisonho"

Não só bisonho como outras coisas piores. Mas, cá entre nós, isso já está bem claro para um certo número de brasileiros, e espero que esse número cresça cada dia.
|

segunda-feira, junho 27, 2005

Para Ler e Pensar 2

Chinese dragon awakens

A China mostra que é uma verdadeira ameaça aos EUA, diz Bill Gertz.

Revolução judicial nos EUA

Olavo de Carvalho expõe a corrupção esquerdista na Suprema Corte americana e desrói o mito da “esquerda - a amiga do povo”.

O direito de educar os próprios filhos

A educação é naturalmente um direito dos pais, e não de escolas e muito menos do Estado, defende Pedro Sette Câmara.

Goethe on National Greatness

Hans-Hermann Hoppe discorre sobre as verdadeiras causas da grandeza nacional.

Solidários na estupidez

Janer Cristaldo e a estupidez de José Dirceu e Dilma Roussef.
|

domingo, junho 26, 2005

Ei, você! É, você mesmo! Você, que acha que essa história de “Foro de São Paulo” é uma maluquice inventada pelo Olavo de Carvalho por não ter ele mais assunto, um truque de direitistas-fanáticos para ganharem notoriedade, um fantasma criado por macarthistas tupiniquins, que tal dar uma olhada no que o PT, partido pelo qual você certamente tem (ou pelo menos teve) grande admiração, diz a respeito do próprio? Garanto que vai se surpreender!
|

sexta-feira, junho 24, 2005

Meus últimos dias têm passado em branco.O que estará acontecendo, meu Deus?
|

quinta-feira, junho 23, 2005

Das Confissões de Santo Agostinho

35- A PAZ

50. Ó Senhor meu Deus, concedei-me a paz,¹ pois tudo nos oferecestes, a paz tranqüila, paz do sábado que não entardece. Com efeito, toda esta ordem formossísima de seres excelentemente bons há de passar, depois de realizados seus modos de existência. Fez-se neles alvorada e tarde.²


1-O "repouso" do 7° dia da criação faz com que Agostinho deseje paz.
2-Depois de dispender todas as suas energias em seu curso evolutivo, o Universo conhecerá a derrocada.
|
Bolsonaro interrompe discurso de Dirceu gritando: "Terrorista!"

Nunca gostei muito do Bolsonaro, mas que ele está certo, ele está.
|

Para Ler e Pensar

A China no Walmart

Olavo de Carvalho diz que o crescimento da China serve para que esta possa, um dia, destruir os EUA.

A Luta de Classes e Outras Derrotas

Alceu Garcia discorre sobre a voracidade estatal brasileira e sobre as verdadeiras classes em conflito.

Intolerância legítima

Janer Cristaldo denuncia a destruição cultural da Europa pela intolerância muçulmana.
|

quarta-feira, junho 22, 2005

Ao que parece, a mortalidade dos blogs vai alta, e acomete os melhores da espécie.
O Comentário Ultramontano, do Júlio Lemos, ao que parece, passou para o outro lado da vida virtual.
|

terça-feira, junho 21, 2005

Direita.org

E não é que esse negócio de “direita virtual” está pegando mesmo? Pois é, quando eu estava visitando o Pregando no Deserto, vi que um novo site do time está no ar: é o direita.org e tem como colunistas, entre outros, é claro, o Eduardo Levy.
Beleza! Assim sendo, será linkado já.
|

R.I.P.

O Aquapermanens, do Marcelo Di Polli, morreu por desatualização aguda, iniciada em fervereiro deste ano. Sentimentos distintos. Que o céu dos blogs o acolha calorosamente!

P.S.: Se serve de consolo, podem ler alguns textos do Aquapermanens no livro Wunderblogs.com, à venda, entre outros locais, na Livraria Cultura e no Submarino (não trabalho nem recebo comissão de nenhuma livraria ou editora).
|
Ontem/hoje, finalmente, fiquei de férias. Graças a Deus! Por ora mais não digo, mas que o futuro promete, ah, isso sim!
|

domingo, junho 19, 2005

Hoje o dia está ensolarado, bastante ensolarado, numa claridade que nada faz lembrar o que se passou aqui ontem.
Apesar de gostar de chuva, o saldo deste sábado, para mim, foi negativo, pois tive uma taquicardia desgraçada e estou febril, com dores e fraquezas por todo o corpo. Tomara que eu melhore até amanhã, quando faço minhas duas últimas provas e, finalmente, fico de férias!
Agora me dêem licença que vou estudar!
|
Hoje a chuva castigou Fortaleza da manhã ao final da tarde, deixando a cidade com aquele ar cinzento e úmido o dia inteiro. Agora à noite ela parou, mas está bem frio, e tudo indica que vem mais chuva ainda hoje por aqui.
Da minha parte não me incomodo. Adoro chuva, adoro frio. É um ambiente ideal para ler, assistir a um bom filme e cochilar bem gostoso debaixo dos lençóis.
|
Hoje estou pessonano!


Nunca Sei

Nunca sei como é que se pode achar um poente triste.
Só se é por um poente não ter uma madrugada.
Mas se ele é um poente, como é que ele havia de ser uma madrugada?

II - O Meu Olhar

O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de, vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo...
Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender ...
O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...
Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que é amar ...
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência não pensar...
XLII - Passou a Diligência

Passou a diligência pela estrada, e foi-se;
E a estrada não ficou mais bela, nem sequer mais feia.
Assim é a ação humana pelo mundo fora.
Nada tiramos e nada pomos; passamos e esquecemos;
E o sol é sempre pontual todos os dias.

Caeiro, Caeiro...




|

sexta-feira, junho 17, 2005

Homo sanguinarius

Para que quiser conhecer um pouquinho mais sobre "O Grande Timoneiro", Mao Tsé-Tung. Seu caráter já transparece no título.
|

quarta-feira, junho 15, 2005

MST: diálogo do pai e filho

Cenário: "Pai trabalhador e filho estudante dentro do carro a caminho daescola"

Filho: Pai, já que roubaram o som do carro vamos conversar um pouco?
Pai: Claro filho
Filho: Pai, o que é inclusão social?
Pai: Bom filho, é que muitas pessoas têm muito e outras nada têm, a inclusão consiste em dar direitos iguais a todos.
Filho: Ah tá, os integrantes do MST são um exemplo de excluídos né?
Pai: Isso filho.
Filho: Pai, o que eu devo ser quando crescer?
Pai: Bom, primeiro escolha uma profissão que você goste, depois estude
muito, mas muito mesmo e depois trabalhe muito mais, dia e noite, só assimvocê será alguém na vida.(Atrasados para a escola, o pai pára sobre a faixa de pedestres e é multado,além de ser maltratado pelo policial).
Filho: Pai, o que houve?
Pai: Fomos multados filho
Filho: Mas por que?
Pai: Porque estávamos bloqueando a passagem filho.
(Um pouco adiante o trânsito pára, a marcha do MST está passando).
Filho: Pai, por que eles estão bloqueando nosso caminho?
Pai: É a marca do MST filho.
Filho: Ah tá, e aqueles policiais estão multando eles né?
Pai: Não filho, estão escoltando eles.
Filho: Ué, mas nós estávamos bloqueando a passagem e fomos multados e
maltratados, e eles estão bloqueando tudo e são escoltados?
Pai: (silêncio)
Filho: E o que é aquilo ali?
Pai: É o refeitório deles
Filho: Ah sei, lá eles gastam aqueles vales-refeição igual ao seu,que apessoa ganha da empresa na qual trabalha.
Pai: Não filho, o governo paga a alimentação pra eles.
Filho: Ué, e por que não paga pra você também?
Pai: (silêncio)
Filho: E aquela ambulância lá? Ah já sei, é por causa do plano de saúde que eles pagam né, como você, paga pra poder ter assistência médica né?
Pai: Não filho, eles não pagam plano de saúde.
Filho: Ué, não entendi.
Pai: É o governo que está pagando essas ambulâncias que você está vendo.
Filho: E por que você paga plano de saúde então?
Pai: (silêncio)
Filho: Por que a maioria deles está com rádio?
Pai: Porque o governo doou 10.000 radinhos pra eles se comunicarem.
Filho: Pô e a gente sem som no carro, e você fala que precisa trabalhar pra
comprar outro, vamos pedir pro governo então.
Pai: Eles não nos dariam filho.
Filho: Ah, já sei. Você reclama que paga 40% de tudo que ganha pro governo,mas com certeza eles pagam muito mais né? Eles têm todas essas regalias.
Pai: Não filho, eles não pagam nada.
Filho: Como assim?
Pai: (pensativo, em silêncio).
Filho: Pai quero parar pra falar com eles.
Pai: Não adianta filho, eles só falam através de assessor de imprensa.
Filho: Que legal, vamos contratar um assessor de imprensa pra nós pai?
Pai: Filho isso é muito caro, eu precisaria trabalhar o triplo do que
trabalho pra poder pagar um assessor de imprensa.
Filho: Mas eles nem trabalham e têm?
Pai: Mas é o governo que paga filho.
Filho: Pai, não foram eles que invadiram um prédio público e fizeram a maior
bagunça?
Pai: Foram sim filho
Filho: E o que aconteceu com eles?
Pai: Nada filho
Filho: E por que eu fiquei de castigo e levei uma baita bronca porque quebrei a lâmpada do poste jogando bola.
Pai: Porque você tem que cuidar e respeitar o patrimônio público filho.
Filho: E eles não precisam?
Pai: (silêncio)
Filho: Pai vamos com eles?
Pai: Claro que não filho, você precisa estudar e eu preciso trabalhar.
Filho: O QUE? PODE PARAR, EU VOU COM ELES, APRENDI QUE OS EXCLUÍDOS SOMOS NÓS, QUERO MINHA INCLUSÃO JÁ (desce do carro e se junta à passeata).
Pai: (silêncio ...).


AUTORIA DESCONHECIDA

*Cortesia do Eduardo Levy
|

Roberto Jefferson

O depoimento de Roberto Jefferson na Câmara hoje foi, em minha modesta ótica, arrasador. Pode ser excesso de otimismo da minha parte, mas o PT está bastante encrencado desta vez, e não será fácil remendar o estrago. E espero que assim seja!
Um bom artigo sobre o tema é esse aqui, do Heitor de Paola, um dos melhores colunistas do MSM.
|

Ato Médico

Pode soar estranho para um liberal (pelo menos é o que alguns dizem), mas eu sou a favor do Ato Médico.

Ora, por que muitos enfermeiros, fisioterapeutas e dentistas querem invadir as funções naturais dos médicos? Embora tratem-se de profissionais de saúde, eles não têm, por sua formação profissional diferenciada, o preparo para lidar com uma série de situações que só os médicos sabem como encarar, como cirurgias e o pós-operatório, além da receita de medicamentos.

Cada macaco no seu galho.

Agora cito-vos essa pérola que li numa comunidade do Orkut sobre o tema:


FODA-SE O ATO MEDICO 11/6/2005 19:03
A palhaçada disso tudo e que AGORA OS médicos querem fazer tudo.Quer dizer então que basta ser medico para ser ADVOGADO, DENTISTA, JUIZ DE DIREITO, PROMOTOR, PROCURADOR, DELEGADO, fisio terapeuta, ENGENHEIRO, PROFESSOR.
OU SEJA EU SENDO medico sou tudo isso ae acima e não preciso fazer mais nada.Eu como ADVOGADO SOU CONTRA MEDICOS que não ASSUMEM SEUS ERROS E QUE se NEGAM a dizer que não sabem fazer as coisas e não assumem seus ERROS.Esta cheio de processos de erros médicos e o CORPORATIVISMO ME IRRITA.
CHEGA DESSA palhaçada DIGA não ao ato medico. QUER DIZER AGORA que BASTA EU SER MEDICO fazer medicina e pronto posso fazer qualquer coisa.
Vamos CADA UM CONCORRER COM CADA UM. DE IGUAL PARA IGUAL e com cada um com sua profissão. SE não ta dando dinheiro a medicina façam outra faculdade então e concorram de igual para igual.
Quem vota a favor do ato são médicos falidos e que não sabem nada.
VAMOS CADA UM TER A SUA Profissão.
medico entende de patologia e de mais nada.



Ao que respondi:

Rafael revoltadinho: Vc não entendeu que o Ato Médico visa EXATAMENTE DELIMITAR as funções dos médicos, para que a profissão deles não seja mais invadida pelos outros profissionais de saúde? Se vc acha mesmo que “VAMOS CADA UM TER A SUA Profissão”, deve mais é ser a favor dessa lei. Por acaso gostarias de ver publicitários, dentistas, engenheiros, músicos, etc postulando em qualquer órgão judiciário ou dando consultoria jurídica?
Quanto as acusações de “prepotência da classe médica”, fica complicado vindo de um advogado, visto serem os operadores do Direito de um corporativismo ferrenho e se acharem habilitados para tudo. Palavra de um estudante de Direito.
|

segunda-feira, junho 13, 2005

O RELATIVISMO E SUAS FALSAS BASES NA CIÊNCIA MODERNA- Parte I

Julio Belmonte contra o relativismo. Mostra a origem desse como uma falsa interpretação da Teoria da Relatividade einsteiniana. Não deixem de ler!
|

domingo, junho 12, 2005

Of Posses and Patriots: American Spirit Soars in Las Vegas

Hoje estou mais para postar links para artigos.

Bem, de qualquer forma o depoimento de Terry Graham sobre a imigração ilegal no sul dos EUA, o trabalho do Minuteman Project.
|

Três Boas do Olavão

Pra variar ele está ótimo nesses três artigos:

A farsa pluralista

Para aqueles que se deixam levar pelo demagógico "pluralismo" dito por nossos esquerdistas de plantão, bem diferente do verdadeiro pluralismo.

Resposta a um ignorante pretensioso

Refutação à resposta do Dr. Grijalbo Fernandes, juiz do trabalho em Brasília e presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), à críticas que o Olavo lhe teceu no artigo Um luminar da ciência . Simplesmente arrasador!

Debate assimétrico

Um bom para os "experts" em política americana que por aí abundam, e para os liberais que se contentam com a defesa da economia de mercado.
|
"Não é fazendo ouvir a nossa voz mas permanecendo são de mente que preservamos a herança humana."

George Orwell (1903-1950), escritor inglês, in. 1984.

E o Fábio reflete...
|

sábado, junho 11, 2005

Dia de Portugal

Soube há pouco, por meio do Puragoiaba, que hoje é o Dia de Portugal. A escolha do dia deve-se ao fato de se presumir ser hoje a data da morte de Camões (não, não apresentá-lo; você já deve saber quem é. Se não, shame on you!, ou melhor, que vergonha, gajo! Vá adquirir alguma cultura!!!).
Bem, eu bem que gostaria de escrever aqui uma bela homenagem a esse país, o qual tenho um imenso carinho, mas não tenho tempo e não sei bem o que dizer, que palavras utilizar. Portanto, ficam aqui os links, E VIVA A PORTUGAL!!!
P.S.: Agora me dêem licença, que vou ler 1984, do George Orwell. Já estava mais do que na hora de este livro sair da minha lista de pendências! Até mais!
|

quinta-feira, junho 09, 2005

Consulado do Brasil em São Francisco deixa de pagar dívida

E depois falam, com o peito inflado de ufanismo, na "imagem do Brasil no exterior"...Quem pode sentir respeito por um caloteiro? Tsc, tsc,...
|

terça-feira, junho 07, 2005

Valeu a pena esquecer?

Sem muito o que postar, resolvi pôr aqui o Comentário do Dia do Roberto Fendt, que recebi por e-mail. Está ótimo.
Completou 16 anos o massacre da Praça Tinanamen, em Beijing. Vale a pena recordar a seqüência de eventos e extrair dela alguma lição para nós.
Em 4 de maio de 1989, 100 mil estudantes e trabalhadores marcharam pacificamente em Beijing, exigindo reformas democráticas e o fim da corrupção. Em 20 de maio, o governo chinês impôs lei marcial para pôr fim às manifestações. Debalde. Em 3 e 4 de junho, tanques e tropas do 27º Exército Chinês atacaram os manifestantes na Praça Tiananmen, no Centro de Beijing.
As estimativas do número de mortos variam de 400 a 800, segundo fontes norte-americanas, a 2.600, segundo a Cruz Vermelha chinesa e a mais de sete mil, de acordo com os próprios manifestantes. O número de feridos pode ter chegado a 10 mil—aí incluídos soldados do Exército, atingidos por paus, pedras e coquetéis Molotov. Após o massacre, o governo chinês prendeu um grande número de suspeitos e controlou o acesso da imprensa estrangeira na apuração dos eventos. A condenação a essa selvageria foi unânime em todo o mundo—exceto, é claro, entre os esquerdistas locais.
Nós não esquecemos, mas alguns sim: os que procuraram varrer para debaixo do tapete esses vergonhosos eventos. O objetivo foi buscar a amizade e o apoio do governo chinês para a pretensão de obter um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU—ocupados pela China, Estados Unidos, Inglaterra, França e Rússia. Foi para isso, aliás, que o governo brasileiro reconheceu a China como "economia de mercado".
"Fire is the devil’s only friend", já alertava Don McLean na letra da canção imortal, "American Pie". Ditaduras—de esquerda ou de direita, dá na mesma—não têm amigos, têm interesses. A pretensão do governo brasileiro foi gongada; não pelos Estados Unidos, o bode expiatório em permanente plantão, mas pela China.
Uma proveitosa lição, que poderá ou não ser aproveitada no futuro, já que o Poder continua cortejando os Castros e Chaves, e tendo por aliados o pessoal da tropa de choque de Fernando Collor. É bom aprender. Afinal, "fire is the devil’s only friend".

·Vice-presidente do Instituto Liberal
|

segunda-feira, junho 06, 2005

Hoje de manhã fui ao cemitério visitar minha mãe. Deixamos flores, acendemos velas e rezamos. Hoje seria o aniversário dela. Estou bem, já não sofro tanto como no ano passado, mas minha avó e minhas tias estavam muito fragilizadas. Que Deus as guarde, elas precisam tanto!
|

Tribuna Nacional

Fui linkado pela Tribuna Nacional, um site nacionalista brasileiro novo e bom (raridade!!!). Vou linká-los devidamente quando minha página de links estiver pronta. Até lá, fica assim mesmo.
|
Italy minister says should study leaving euro-paper


ROME (Reuters) - Italy should consider leaving the single currency and reintroducing the lira, Welfare Minister Roberto Maroni said in a newspaper interview on Friday.

Maroni, a member of the euro-skeptical Northern League party, told the Repubblica daily Italy should hold a referendum to decide whether to return to the lira, at least temporarily.

He also said European Central Bank President Jean-Claude Trichet was one of those chiefly responsible for the "disaster of the euro."

The euro "has proved inadequate in the face of the economic slowdown, the loss of competitiveness and the job crisis," Maroni said.
É, ao que parece, a União Européia está mesmo com problemas, com mais e maiores problemas do que eu pensava. Qual será o desfecho? Só resta aguardar.
|

sábado, junho 04, 2005

Drops Literários I

Recebi hoje, finalmente, o livro A Nova Ciência da Política, do Eric Voegelin. Sim, babem!!! Comprei pelo site da Editora da Unb. É um dos melhores livros que li na vida. Espero logo comentá-lo mais pormenorizadamente por aqui.

*

Peguei na biblioteca da minha universidade O Mundo Interior, do meu conterrâneo o filósofo Raimundo Farias Brito, e The Decline and Fall of The Roman Empire (vol. I), de Edward Gibbon. Não sei por que, mas de repente tive uma enorme vontade de ler esse livro (enorme, por sinal), bem como A Cidade Antiga, de Fustel de Coulanges, que meus professores recomendam desde o primeiro semestre, mas até então venho enrolando a leitura. Subitamente me interessei por História Romana.

*

Agora me dêem licença que vou retornar à minha leitura já de uns dois dias, que está ótima, por sinal. Claro que não é nenhum dos livros citados. Depois falo sobre ela.
|

sexta-feira, junho 03, 2005

Não sou fã da União Européia. E isso porque sei que ela, muito mais do que uma simples integração econômica e cultural entre seus membros, visa, em última instância, a instalação de um super-Estado europeu (o tal projeto dos “Estados Unidos da Europa”), alegadamente baseado no modelo federativo americano, mas, na verdade, extremamente burocrático e de caráter social-democrata. É a aniquilação das soberanias e das culturas nacionais. Não posso endossar isso, já acho que os Estados europeus, em geral, já são grandes demais, excessivamente dimensionados, portanto, o super-Estado continental deve ser rechaçado de imediato.
Por isso, adorei os resultados das votações da Constituição Européia na França e na Holanda. Sei que não é o suficiente, mas os engenheiros do “Estado Europeu” ficaram agora encrencados. Tomara que o mesmo se repita em outros países e a Europa se veja logo livre desse fantasma que, vestindo a fantasia da união fraternal dos povos europeus numa imensa democracia é, na verdade, traz em seu bojo a indefectível marca de um Estado totalitário.
No mais, leiam esses dois artigos sobre o tema:

O alcance do “NON” francês

Dutch Voters Reject EU Constitution
|

Jorge Nobre Against the State Writers

Legal esse post do Jorge Nobre. Um bom retrato da hipocrisia de muitos intelectuais brazucas, que enchem a boca de “independência artística”, “liberdade de criação” e “abominamos a censura”, mas que depois vai ao governo pedir dinheiro para que este (com os recursos que acolhe por meio de sua tributação criminosa) financiem suas obras (muitas vezes, “obras”, sim, entre aspas, pois é pura bobagem).
E depois se queixam quando o Diogo Mainardi diz que a cultura nacional é oficialesca...
|

quinta-feira, junho 02, 2005

Eduardo Levy: A Memória do Futuro, o Futuro do Brasil e o de Todos Nós

O Eduardo Levy, meu amigo de BH e ótimo blogueiro, escreveu ontem, 01 de Junho de 2005, sua Minha Auto-biografia, Página 16, um relato fictício feito por ele mesmo, na velhice, recordando-se de sua juventude, seu amor pela Rafa, suas homéricas discussões filosóficas, religiosas, e principalmente políticas.
Lembra-se de seus acirrados embates com os esquerdistas e suas discussões mais ponderados com conservadores e liberais. Recorda-se de seus amigos, que he oferecera ajuda nos mais diversos momentos, entre os quais a Bianca Bermúdez, a Mariana Hiaya e o autor dessas linhas mal traçadas que vos escreve (Valeu por ter se lembrado de nós Eduardo! Você é demais!). Recorda-se de tudo o que todos nós vivemos nesses tempos, mais precisamente os dias de hoje.
Encerra o post com a terrível constatação de que os erros que os brasileiros cometeram ao não se oporem ao crescimento desmesurado do Estado; ao elegerem sempre os piores e menos capacitados para comandarem o país, fato que teve a eleição de Lula como um marco decisivo; ao abraçarem o tolo nacionalismo anti-americano; infelizmente, rendeu frutos: o Brasil continua sendo um país pobre, uma republiqueta de banana que se acha a grande promessa do futuro, um país inculto, mas que se crê culturalmente o máximo. É motivo de piada nos EUA e na Inglaterra, onde então reside nosso memorialista.
De tudo isso, pelo menos uma coisa pode ser dita como integralmente bem-afortunada: Levy descobre o amor por Rafa, e nesse amor vê o enorme valor e a esplêndida maravilha da vida. É esse amor que lhe dá um norte, um sentido para sua agitada existência. É ele, juntamente com a valorização da família, da paz conjugal e da serenidade da velhice que fazem com que o fim da vida terrena de nosso amigo seja feliz e tranqüilo, depois que, por obra da imbecilidade coletiva reinante no país, seus (e nossos) ideais políticos permanecem marginalizados, sem qualquer esperança de serem concretizados. De fato, é triste ver seu país afundar econômica, política, social, cultural e espiritualmente, denunciar isso sem cessar, mostrar o caminho para a superação dessas mazelas e ver tudo isso cair em ouvidos moucos, ver que não se chegou a resultado algum e o país continua a avançar no caminho à barbárie, seguir na estrada macabra da decivilização.
Talvez esse seja o destino do Brasil, mas como saber? Só o tempo o dirá.
Quanto a mim, espero que quando eu e todos os que ele citou chegarem à velhice, não sejam tão melancólicos, tão pessimistas quanto ao estado brasileiro de coisas, mas possam dizer: "eu estava e ainda estou do lado da verdade e, embora ela tenha sido negada e escamoteada, ela prevaleceu. Finalmente, o Brasil tornou-se um país melhor!”.
|

quarta-feira, junho 01, 2005

Sobre o Ateísmo

Eis dois interessantes artigos sobre o ateísmo:

Fundamentalismo Ateísta

O Filósofo Parvo
 
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com Acessos: