<
Web Ring Liberal
Ring Owner: Julio Belmonte Site: Web Ring Liberal
Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet
Site Ring from Bravenet
!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd"> Nova Mensagem: Agosto 2005

Nova Mensagem

Fábio V. Barreto

|

segunda-feira, agosto 29, 2005

Mensagem por mim colhida no Liberal Conservador. Muito interessante.

01) Quando foi a primeira denúncia de corrupção no PT?
Quando o prefeito Celso Daniel foi assassinado.Todos os familiares, inclusive o irmão do prefeito morto, afirmam que Celso Daniel foi assassinado por ter descoberto um esquema de corrupção na prefeitura de Santo André/SP. E os familiares dizem mais: que o dinheiro da corrupção era destinado ao Deputado José Dirceu. Um dos irmãos de Celso Daniel espera ansioso por uma acareação com José Dirceu, que nunca foi autorizada pela justiça. Aliás, a polícia foi impedida de investigar José Dirceu.


02) Qual era, inicialmente, o objetivo dos dirigentes do PT com a corrupção instalada nas prefeituras?
Fazer de Lula o presidente do país para chegar à máquina do Governo Federal e poder angariar mais dinheiro para o partidão, a fim de torná-lo a estrutura política mais forte da América Latina e, quem sabe assim, impor o regime "UTÓPICO" tão sonhado por José Dirceu e companhia.

03) Quando a facção representada por José Dirceu do PT chegou ao governo, quais foram as suas táticas para fortalecer o partido e tornar LULA o presidente latino do tal regime "UTÓPICO"?
Inicialmente, não era objetivo fazer NADA, absolutamente NADA PELO PAÍS, mas SIM, por este partido, o PT. Então, NENHUM BURACO FOI TAPADO, nenhum projeto foi levado adiante. O primeiro passo foi ocupar, de uma forma jamais vista, TODOS os cargos importantes do PODER EXECUTIVO. Qualquer CARGO que pudesse representar retorno ao PT de JOSÉ DIRCEU era inteligentemente "ADMINISTRADO".Logo em seguida, COMPROU-SE UM AVIÃO bem equipado, PARA QUE LULA pudesse ser o representante LATINO do tal "regime utópico" (Isto foi combinado com Fidel Castro, Rei de Cuba, e com Hugo Chaves, Rei da Venezuela, este ainda ganhando, de Lula e PT, uma emissora de TV no Brasil (Canal 08 na NET - ACONSELHO QUE ASSISTAM À PROGRAMAÇÃO), para divulgar o “regime utópico”). Esquecem de dizer que o tal regime é absolutamente TOTALITÁRIO!


04) Qual era o maior objetivo com o MENSALÃO?
Fortalecer ainda mais o PT, com os projetos sendo aprovados e o presidente LULA ganhando os LOUROS de uma "estabilidade política" o partido se MANTERIA indefinidamente no PODER, podendo assim continuar ANGARIANDO FUNDOS para seus objetivos espúrios. Portanto,os deputados só estariam FORTALECENDO ainda mais a estrutura corrupta do PT liderada pelo maquiavélico José Dirceu.

05) Por que a FACÇÃO do PT não queria a CPI?
Porque não era o momento de se desvendar as táticas espúrias de José Dirceu e eles cometeram um erro grave ao tentar incriminar Roberto Jefferson, que,assim como Celso Daniel, SABIA DEMAIS.

06) O "MENSALÃO", então, NÃO era o CRIME mais grave?
Não, o Mensalão pago aos Deputados não era o pior crime praticado pelo PT liderado por José Dirceu, que buscava continuar indefinidamente no poder, através do controle da estrutura governamental (licitações fraudulentas, contratos milionários com empresas de comunicação). O PARTIDÃO visava a destruição do regime democrático existente no país (assim como na Venezuela e em Cuba) e constituir um novo regime com toda a estrutura "ideológica" existente no PT (registre-se aqui que não eram todos os integrantes).Dos R$ 1.200.000.000,00 (Um bilhão e duzentos milhões de reais) desviados pelo PT, só R$ 20.000.000,00 (vinte milhões) foram gastos com o Mensalão (UMA NINHARIA DIANTE DOS NÚMEROS ASTRONÔMICOS).

07) Como funcionava o esquema para arrecadar dinheiro para O PARTIDO?
Através do aparelhamento gradual da máquina Governamental. Em verdade, Marcos Valério era uma das "pontas" de arrecadação e lavagem de dinheiro. Responsável pela "publicidade" do Governo, Marcos Valério era um entre vários "laranjas" do Partidão.Em síntese, o PT, administrando os CARGOS, determinava o "vencedor" das licitações MILIONÁRIAS. As empresas vencedoras das licitações eram, na verdade, "laranjas" que atuavam como RECEPTORES deste PARTIDO. Isto foi comprovado através do empréstimo autorizado por José Genoíno e avaliado por Marcos Valério que, por fim, acabou pagando o empréstimo com o DINHEIRO QUE O MESMO MARCOS VALÉRIO GANHAVA ATRAVÉS DAS LICITAÇÕES FRAUDULENTAS. DINHEIRO DO POVO!

08) Lula sabia de tudo?
LULA SABIA DE TUDO! ELE É ANALFABETO, MAS NÃO É BURRO!

Em síntese:A MÁFIA PETISTA LIDERADA POR JOSÉ DIRCEU:
- ROUBOU (inicialmente as prefeituras e depois o Estado Brasileiro);
- ASSASSINOU (Celso Daniel);
- CORROMPEU (Deputados para se fortalecer);
- MENTIU (tentando incriminar, tão-somente, Roberto Jefferson);
- TRAIU (toda a sociedade)
- E AINDA QUER NOS FAZER DE "IDIOTAS"!

Se você se considera um, ignore esta mensagem! AGORA, se você é contra essa pouca vergonha, COPIE E COLE ESTE TÓPICO EM SEU BLOG, EM DESTAQUE E COM LETRAS GARRAFAIS!
Fonte: Desconhecida (mensagem recebida via correspondência eletrônica)

Não posso, é claro, afirmar categoricamente a autenticidade de todo o conteúdo. Mas ele bate com o que de melhor se tem escrito sobre o assunto, de tal forma de dou fé.
|
Desde ontem cheguei à Coimbra, Portugal, para visitar um primo. A cidade é muito, bonita e a famosa Universidade é de uma beleza incrível. Já tirei várias fotos.
Aqui é bastante animado. Sendo cheia de estudantes, há um espírito bem festeiro na cidade.
Mais detalhes no futuro, qando eu estiver de volta à Salamanca, creio.
|

quarta-feira, agosto 24, 2005

Para Marilena Chaui, PT errou ao aceitar transição, "uma armadilha tucana"

É triste como uma das intelectuais mais prestigiadas do Brasil faz de tudo para minimizar a gravidade do fracasso petista. Mas, em se tratando de Marilena Chauí, nao é para menos, visto que ela foi uma das fundadoras e mentoras intelectuais do partido, além de ativa propagandista de Lula nas eleiçoes. Como esperar dele uma postura mais crítica? Nao dá.
Ah, Brasil, como tenho pena de ti...
|
Tem mais um no universo virtual liberal-conservador. Esse, aliás, faz jus ao nome.
|

terça-feira, agosto 23, 2005

Declaraçao de Grigóri Zinoviev, um dos líders comunistas revolucionários russos, em setembro de 1918:

Para nos desfazermos de nossos inimigos, devemos ter nosso próprio Terror socialista. Devemos atrair à nosso lado, digamos, noventa dos cem milhoes de habitantes da Rússia soviética. Em relaçao aos outros, nao temos nada prar dizer-lhes. Devem ser aniquilados.

Interessante. Trágico, mas interessante. Esses sao os "bondosos" socialistas que buscam instaurar na Terra a paz, a justiça, a fraternidade entre os homens, etc, etc...

Pior do que essa delcaraçao é saber que ela foi levada à efeito, só que muito mais drasticamente.

E ainda tem gente que os defenda.

Tsc, tsc, tsc...
|

sábado, agosto 20, 2005

Interessante o post da Roberta Febran sobre a fuga. Às vezes, tenho que fugir um pouco também para poder sobreviver. Ou viver realmente, na verdade. Em todo caso, nao devemos abusar dessas fugas, se quisermos nos preservar.
Fuga nao significa sempre uma postura covarde em relaçao à vida. Esse e o meu caso e o dela. Significa recolhimento, subtraindo-se da balbúrdia reinante na tentativa de se encontrar e enxergar a ordem das coisas. Por isso, digo que nela também se vive de verdade.
Advirto contra o abuso porque iso pode levar a criaçao de "segundas realidades", expediente tipicamente gnóstico que leva o sujeito a abandonar (nao fisicamente, é claro, mas mental e espiritualmente) o mundo em que vive por mundos artificiais onde ele se sinta melhor instalado. É a institucionalizaçao de um desajuste interior. Nela, creio, está a raíz das utopias modernas.
No mais é só, queridos. Vou-me, firmemente instalado neste mundo, mas disposto, sempre que possível, ao recolhimento interno tao necessário ao fortalecimento da alma humana.
|

segunda-feira, agosto 15, 2005

« DEFENDER PATRIMÔNIO PÚBLICO É VENDER EMPRESAS ESTATAIS, E NÃO CONSERVÁ-LAS. »

Socialistas convertidos

É, comigo é na lata!
Quanto mais pessoas pensarem assim, melhor para o Brasil.
|

domingo, agosto 14, 2005

Um Pedido aos Leitores, num Momento de Exílio

Estou com pouquíssimos contatos sobre o que acontece no Brasil. Praticamente nenhum. Prometo suprir essa deficiência nos próximos dias.
Uma amiga minha que ligou para sua mâe disse que estâo pedindo o Impeachment do Lula. Podem me mandar mais informaçòes a respeito? ¡Gracias!
|

Tourada, um dos eventos mais tipicamente espanhóis.

Ainda nao tive muito tempo de ver as "coisas espanholas", mas a tourada está entre as prioridades.

Sei que é uma crueldade com os animais, mas vou assistir a uma assim que puder. Ah, se vou!
|

terça-feira, agosto 09, 2005




O número de posts, bem como a freqüência e o conteúdo dos mesmos, deverão mudar radicalmente a partir de hoje, fazendo com que este dia possa ser considerado um verdadeiro divisor de águas neste blog, que por pouco não se transformará noutro. É que estou de viagem para a Espanha. Vou estudar por um ano na Universidade de Salamanca, a mais antiga do país (fundada em 1219) e uma das mais antigas do mundo em funcionamento. Fico por lá até o final de junho do ano que vem.
Vou em busca do refinamento cultural que em vão procuro no Brasil. Ao que me consta, tenho tudo para encontrar-lo lá.
Por ora não há muito mais o que dizer. O fato diz muito por si próprio.¡Hasta la próxima, compañeros!
|

Por uma nova censura

Eu sou a favor de uma nova censura. Ou melhor, de uma nova auto-censura. Nada de omitir informações essenciais em nome de interesses políticos, partidários, financeiros ou religiosos. A nova auto-censura que defendo visa pôr a idiotice de lado em favor da beleza.
Para tanto, proponho que, a partir de agora, jornais, revistas e noticiários passem a dedicar largos espaços à exibição de beldades, espaços estes antes ocupados por políticos (a maioria deles, petistas) e típicos intelectuais acadêmicos brazucas. No lugar de tantos Delúbios, Lulas, Genoínos, Saders, Magnolis, Bettos et caterva, doses cavalares de Ana Paula Arósio, Fernanda Lima, Liv Tyler e similares. Musas para todos! Todo cidadão tem o direito de ver mulher bonita todo dia, nem que seja somente pela mídia!
Abaixo à bobagem política e pseudocultural! Viva à beleza feminina!
Já pensaram o que seria do nosso jornalismo se, ao invés de horas e horas de debates com intelequituais, ou acompanhando o espetáculo de cinismo, descaramento e mentiras emitidas por nossos políticos, eles tivesses seus espaços bastante reduzidos para que pudéssemos apreciar intensamente tantas mulheres lindas e deslumbrantes?
Mulher bonita já!
E para não dizerem que só fico no discurso, deixo aqui algumas beldades para o entretenimento dos meus leitores (os homens, pelo menos):









|
Minha singela homenagem à todos os mundialistas de plantão.
|

Kama Sutra Aplicado à Política Brasileira

Já tá circulando pela internet. Resolvi então pôr aqui.

Posição PMDB: Posição das piores. Quando você acha que está quase chegando lá, os parceiros desistem de transar com você e te deixam na mão. Literalmente na mão.

Posição José Dirceu: É aquela em que o homem começa por cima e acaba por baixo.

Posição Roberto Jefferson: É quando, no meio da suruba, você sai metendo o pau em todo mundo para defender o seu.

Posição Marcos Valério: É aquela em que, no começo, você acha que o cara é bom de transa, mas depois descobre que ele é um verdadeiro MALA!

Posição Secretária do Valério: É aquela em que a mulher fica mudando de posição o tempo todo. Loucura, loucura!

Posição CPI dos Correios: Sexo oral - Onde você enfia a cara encontra uma coisa cabeluda.

Posição Palocci: Diz que não, não, não, não, mas no final acaba abrindo o cofrinho.

Posição Delúbio Soares: É aquela em que, em toda transa, o cara está por trás.

Posição Maurício Marinho: Quando você pega o parceiro no maior flagra com aquilo na mão, a mão naquilo e a boca na botija.

Posição Meirelles: Tô dentro, tô fora, tô dentro, tô fora, tô dentro, tô fora...

Posição Lula: Voyeur - Você fica olhando os parceiros fudendo com tudo e não faz nada.

Posição Severino Cravalcanti: É a famosa posição papai e mamãe. Primeiro arruma uma posição para o papai. Depois uma posição para a mamãe. Depois uma boa posição para os filhos... É uma posição bem família.

Posição Conselho de Ética: O governo acreditou que eles iam colocar só a cabecinha.
|

segunda-feira, agosto 08, 2005


A imundície da corrupção no governo Lula já transcende o mundo tupiniquim e, em termos de blogosfera, chegou em Portugal. O Velho da Montanha, um dos melhores blogs que leio, faz um comentário interessante a respeito do "companheiro Lula". Não deixem de ler!
|

Pagode Yakushiji, Japão.
|

domingo, agosto 07, 2005



Achei que a figura tem tudo a ver com Cuba, não importa o que nossos professores maravilhosos (a grande maioria, a bem da verdade) digam o contrário.
|

O Palácio de Westminster, uma das maravilhas da Inglaterra.
|
*Mensalão
*Corrupção
*Estatismo
*Massificação
*Antiamericanismo
*Aliança com Fidel e Chavez
*Terceiro-mundismo
*Autoritarismo
*Demagogia
*Utopismo
*Politicamente Correto
*Globalismo


POR TUDO ISSO E MUITO MAIS, FORA PT!!!!!
|

sábado, agosto 06, 2005



Lótus. Pintura japonesa.
|


A charge dá uma boa ilustração do perigo que advém da idolatria da democracia, tão comum no mundo contemporâneo.

Peguei essa com o Jorge Nobre.

|

sexta-feira, agosto 05, 2005

Meditando incessantemente sobre as aflições do homem e do mundo.
|

quarta-feira, agosto 03, 2005

Social-Democracia

Na caixa de comentários do Direita, blog do Giovani MacDonald, está ocorrendo um debate interessante sobre a social-democracia. Talvez o debate não seja, na verdade, tão interessante assim, visto a postura de certos membros.No entanto, o tema é deveras instigante.
Não pretendo, obviamente, dar à social-democracia um tratamento analítico completo aqui, mas abordar suas principais características, comentar seus principais exemplos práticos, minha posição à respeito, além de uma sugestão de leituras.

* A Social-Democracia pode ser definida, de maneira simplificada, como uma conjugação das idéias liberal-democráticas com as socialistas. Seu propósito é promover uma conciliação entre a liberdade existente nas sociedades capitalistas democráticas com a igualdade advogada pelos socialistas, dando preferência à atuação reformista nos moldes representativos usuais às mudanças revolucionárias abruptas e violentas, como é praxe entre os

socialistas. Devido à esse aspecto gradualista e avesso à agitação revolucionária,

a social-democracia ganhou muitos adeptos na Alemanha, Hungria, Bulgária, Suécia, França, Inglaterra, Dinamarca, entre outros.


Seu grande teórico foi Eduard Berntein, teórico social alemão que viveu no final do século XIX e início do século XX. Ele criticou uma série de postulados marxistas, entre os quais a necessidade de uma revolução violenta para a implantação do socialismo, a ditadura do proletariado, a estatização vital de todos os meios de produção o empobrecimento fatal dos trabalhadores sob o capitalismo. Em virtude desses posicionamentos, foi duramente combatido por Kautsky e Rosa Luxemburgo, marxistas mais ortodoxos.Bernstein, no entanto, nunca abandonou totalmente o marxismo. Para ele, a social-democracia deveria funcionar como a ante-sala do socialismo, instaurando-o por outros meios que não os advogados por Karl Marx; por meios pacíficos e graduais.

No Congresso de Frankfurt, realizado pelos social-democratas alemães em 1951, foram decididos os seguintes pontos como fundamentais do programa social-democrata:
1)Rejeição dos métodos revolucionários em favor da atuação em coalizões político eleitorais.
2) Partido de todo o povo, e não apenas do proletariado.
3)Socialismo e Democracia são inseparáveis.
4)A nacionalização da economia não mais deve ser prioridade no socialismo.
5)Oposição às ditaduras e aos totalitarismos.
Pode-se citar, além desses, como características do programa político social-democrata, a regulação legislativa ostensiva da propriedade privada, a existência de uma forte carga tributária, defesa intransigente do welfare state, burocratização elevada do Estado.


Com o tempo, a social-democracia foi se modificando no sentido de abraçar as causas tipicamente modernistas, como o multiculturalismo, o feminismo, as direitos homossexuais, políticas favoráveis à imigração (fronteiras abertas)e o fortalecimento de organismos supranacionais.


Entre os políticos que se filiam à essa linha ideológica, podem ser citados Fernando Henrique Cardoso, Mário Covas, José Serra, Geraldo Alckmin (Brasil), Willy Brandt e Gehrardt Schroeder (Alemanha), François Mitterrand e Lionel Jospin (França), Mário Soares (Portugal), Raúl Alfonsín (Argentina), Felipe González (Espanha), entre tantos outros. Os últimos governantes dos países escandinavos, em geral, são social-democratas.

*
Quando se fala em social-democracia, é normal pensar-se logo nos países escandinavos. Eles levaram esse modelo mais a fundo no que diz respeito à sua aplicação prática.Sobre eles discorrerei agora, especialmente sobre a Suécia, país do qual disponho de mais informações.
O modelo sueco- por alguns chamado de socialismo sueco- foi possível devido à uma série de fatores próprios da formação histórica da Suécia. Esse país esteve isolado do resto da Europa durante a Antigüidade e a Idade Média, herdando, então, poucos aspectos das culturas greco-romana e católica. Além disso, não sofreu a acentuada fragmentação política do feudalismo vigente na Idade Média, o que proporcionou ao Estado sueco meios quase ilimitados de expansão e, conseqüentemente, de centralização político-administrativa (para se ter uma idéia, já no século XVI, o rei Gustavo Vasa havia instituído uma burocracia poderosa cerca de 300 anos antes do governo ultracentralizador de Napoleão Bonaparte).Quando da Reforma, com a frouxa influência católica na Suécia, seus nacionais facilmente aderiram ao luteranismo e logo foi instituída uma igreja nacional, sem que houvesse por isso grandes reações católicas

como em outros países europeus.


Dessa forma , a Suécia foi se moldando para ser um país onde o Estado é o grande com

andante da vida nacional, não sobrando muito espaço para a atuação dos indivíduos e do

s grupos intermediários. Assim, quando os social-democratas foram eleitos, em 1937, e pus

eram em prática seu programa político, não causou muito estranhamento a ninguém. Os suecos já estavam acostumados a serem comandados pelo Estado, e o controle estatal tornou-se cada vez mais detalhista, descendo à legislação de uma série de aspectos da vida privada.

Em troca desse controle, o Estado oferece uma ampla rede de serviços sociais (educação, transporte, saúde,etc), além de uma desbragada liberdade (ou licenciosidade) sexual. O preço que os suecos pagam pela segurança e o conforto material é a renúncia a uma vida com baixo controle governamental. Levam uma vida basicamente padronizada.
No entanto, em 1991, esse modelo dava sinais graves de cansaço. A carga tributária suec

a era de 54% do PIB. Um terço dos trabalhadores do país era constituído por fun

cionários públicos. O desperdício de recursos e os rodeios intermináveis da burocracia eram asfixiantes. Em decorrência disso, os social-democratas acabaram deixando o poder naquele ano, depois de 54 anos ininterruptos. No entanto, devido à tradição estatal sueca, eles voltaram ao co

mando nacional em 1994.

*

O que penso disso tudo? Bem não deve ser um segredo muito grande. Sou contrário à social-democracia e, conseqüentemente, ao Estado por ela defendido. Ela, sob a alegação de se opor à violência e de promover a “justiça social” (seja lá o que isso for), enfraquece a sociedade

economicamente (por regular em demasia a vida econômica e tributar ao extremo, dific

ultando a opção dos indivíduos e empresas a decisão de como investir seu capital), socialmente (ao assumir as responsabilidades de manuntenção dos indivíduos e dos grupos associativos, o Estado termina por infantilizar-los, tornando-os eternamente dependentes do paternalismo burocrático) e moralmente (permissivismo moral oficializado, aliado a um desprezo à valores tradicionais e à crença de que o governo pode tirar de quem tem para dar à quem não tem). Politicamente, fortalece-se, mas seu fortalecimento é nada mais do que o recrudescimento do poder coercitivo do Estado, o que todo defensor da liberdade, como eu, deve se opor da maneira mais veemente.

*

O assunto é deveras vasto e, como disse não o pretendo esgotar-lo aqui. Segue-se algumas leituras que podem auxiliar-los a entender o assunto:
*Dicionário de Política (José Pedro Galvão de Souza et alli.) T.A. Queiroz Editor



|

terça-feira, agosto 02, 2005

Frase por mim recebida, via Orkut, da minha querida leitora Esther Ribeiro:

"Os políticos e as fraldas devem ser mudados frequentemente,pelas mesmas razões... "

Hehehehehehe...
|
Excelente a idéia do meu amigo André de Oliveira, de Salvador, de postar citações do filósofo austro-alemão Eric Voegelin. Da minha parte, considero Voegelin apenas um gênio. Também cito-o aqui, nesta frase que considero de uma sabedoria total:

"A ideologia é a existência em rebelião contra Deus e o Homem."
|

segunda-feira, agosto 01, 2005



Virgem Maria, rogai por nós!
|

*Colhido em Miss Veen
|

Alguns podem me acusar, com uma boa dose de justiça, de dar pouca atenção à crise política que, diariamente, chega até nós por todos os meios de informação possíveis. Como disse, há certa justiça nesta afirmação. Explicar-me-ei melhor.
A grande verdade é que o governo Lula já me deu no saco. Já estou cansado, deveras cansado de tanta demagogia, tanta megalomania, tanta incompetência, estatismo, corrupção, enfim, estou farto de tudo isso. Comentar as bobagens ditas pelo Néscio Presidencial já não mais tem muita graça; correndo eu o risco de transformar este blog num anedotário das bobagens lulistas; triste testemunho aos pósteros de um país que acreditou num notório incapaz para ser seu comandante supremo.
Claro, que a postura que tenho assumido não significa uma alienação da minha parte em relação ao que ocorre em nosso país; acompanho com dedicação a sucessão dos fatos que mostram a podridão do governo petista. Essa tem sido uma das minhas maiores ocupações, “ficar na frente da TV assistindo à queda do governo”, como disse o Diogo Mainardi no último Manhattan Connection.
Além disso, quase sempre não tinha o que acrescentar à análise dos fatos, pois muitos a faziam maestralmente e eu não gostaria de ser mera caixa de ressonância de analistas mais talentosos.
Contudo, isso não significa que não mais falarei de Lula et caterva. Logo que o molusco não mais me for enfadonho e eu julgar ter algo importante a dizer, ele constará por estas plagas, fazendo eu jus a um dos aspectos deste blog, que também é um blog político.
|

George Washington cruzando o Rio Delaware, num dos episódios mais marcantes da Revolução Americana.
 
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com Acessos: