<
Web Ring Liberal
Ring Owner: Julio Belmonte Site: Web Ring Liberal
Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet
Site Ring from Bravenet
!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd"> Nova Mensagem: Abril 2007

Nova Mensagem

Fábio V. Barreto

|

sexta-feira, abril 27, 2007

Tiradas de Churchill

O general Montgomery estava sendo homenageado, pois venceu Rommel numa batalha da África, na II Guerra Mundial.
Discurso do General Montgomery:
"Não fumo, não bebo, não prevarico e sou herói"
Churchill ouviu o discurso e, com ciúmes, retrucou:
"Eu fumo, bebo, prevarico e sou chefe dele."
******
Convite de Bernard Shaw para Churchill:
"Tenho o prazer e a honra de convidar digno primeiro-ministro para primeira apresentação minha peça Pigmalião. Venha e traga um amigo, se tiver."
Bernard Shaw
Resposta de Churchill:
"Agradeço ilustre escritor honroso convite. Infelizmente não poderei comparecer primeira apresentação. Irei à segunda, se houver."
Winston Churchill
Obrigado, Cláudia!
|

quinta-feira, abril 26, 2007

Para Ler e Pensar 107

A direita a serviço da esquerda

Olavo de Carvalho denuncia a pseudodireita brasileira.

Não se Confunda Estado Laico com Estado Ateu

Klauber Cristofen Pires estabelece as diferenças entre esses dois tipos de Estado.


Os liberais do Brasil precisam estudar mais

Pedro Sette Câmara desconstrói as bobagens de um artigo de Anselmo Heidrich.
|

quinta-feira, abril 19, 2007

"A corrupção tem um potencial corrosivo para a qualidade da democracia que não pode ser menosprezado. Como tal, todos devem ser chamados a travar a batalha da moralização da vida pública, a bem da democracia e a bem da República".
Aníbal Cavaco Silva, Presidente da República Portuguesa, em cerimónia 5 de Outubro, Câmara Municipal de Lisboa, 05.10.06.
Dá-lhe Cavaco!
|

terça-feira, abril 17, 2007

Pérolas sobre o Aborto

Na comunidade do Olavo de Carvalho no orkut ( sim, por incrível que pareça!) encontro essa jóia:
Eu sou favorável ao plebiscito.
É certo que, para grande parte da população existe um dilema ético enorme.
Mas eu, neste ponto, sou pragmático. Quem é contra não vai ser obrigado a fazê-lo. Quem é a favor, poderá realizá-lo fora da clandestinidade (que é muito grande).
Na prática, teremos que optar entre interromper uma gravidez indesejada ou conviver com os possíveis delinquentes no futuro, fruto do abandono resultante.
Obviamente, não pude deixar de respondê-la:
Ou seja, como alguém possivelmente um dia será um criminoso (uma possibilidade remota, diga-se de passagem), seria melhor que essas pessoas fossem abortadas o quanto antes, enquanto sejam fetos.
Não satisfeito, o tal Lahrl ainda prosegui com mais uma "maravilha":
Bem... apesar das agressões, ainda acredito no que postei.
É óbvio que uma campanha de esterilização em massa teria o mesmo efeito, com problemas éticos bem menores.
O que não dá é achar que conseguiremos continuar crescendo (a população), sem destruir por completo o planeta.
Gostaria, de pessoas ditas inteligentes, ao menos a consideração sobre a opinião alheia.
Eu fui bastante respeitoso no post, sei que tem muita gente por aqui que tem fé e aborto, na concepção destes, é imperdoável.
Pergunto aos que debocharam de mim o que deveríamos fazer para estimular o controle de natalidade? Ou isto é inviável também?
Não é questão de viabilidade, meu caro. Acontece que praticamente todos os da comunidade (inclusive eu) não achamos que a vida humana seja como a de um animal, que pode ser simplesmente sacrificada porque se crê que "existe em excesso". Por isso me oponho ao controle de natalidade, especialmente em relação aos países mais ricos, já que isso pode destruir suas populações em poucas décadas. Portanto, que fique claro que tanto o aborto como as esterilizações em massa como o controle de natalidade devem ser descartados.

|

A Grande Cultura Política de Janer Cristaldo

Perguntado, via scrapbook, se acreditava que o brasileiro médio era conservador, Janer Cristaldo soltou a seguinte pérola:
Eu não consigo entender muito bem o que quer dizer conservador no mundo atual. De minha parte, não conheço ninguém mais conservador que os velhos comunistas.
De facto, não deve entender mesmo o que seja um conservador, talvez nem por aproximação, para fazer uma comparação espúria como essa. Só um grande ignorante do assunto diria que os comunistas da velha guarda são conservadores (imaginem só: igualar o Oscar Niemeyer ao Patrick Buchanan!)
O mesmo Janer Cristaldo já disse outras vezes não entender muito de liberalismo, ao mesmo tempo em que dizia não compreender como haviam liberais católicos, contrários ao aborto, ao casamento gay e à eutanásia. Interessante uma pessoa declarar que não entende duma corrente política e dizer como os seguidores dessa corrente devem portar-se, caso prezem pela coerência...
Por essas e por outras (que serão cá comentadas, mesmo com meu proverbial atraso) é que o Cristaldo rareia por aqui. Está difícil extrair algo que preste dele atualmente.
|

segunda-feira, abril 16, 2007

Uma Excelente Biblioteca virtual

Para aqueles que querem ter muitos e bons livros à disposição, mas estão com pouco dinheiro ou mesmo com pouco espaço, visitem esse grande biblioteca virtual:
http://www.ebooksbrasil.org/
|

quinta-feira, abril 05, 2007

Retorno à Coimbra


Voltei à Portugal. Depois de pouco mais de 4 meses de ausência, retornei à terrinha, à minha querida cidade de Coimbra, para continuar meus estudos na Universidade.

Meus últimos dias em Fortaleza foram naquela tensão pré-viagem já conhecida. No último dia, um café-da-manhã na casa de uma tia, algumas providências para serem tomadas, uma visita a uma amiga e, como não poderia deixar de ser, tive de enfrentar também o caos aéreo brasileiro.

Meu vôo deveria partir às 19:55 horas do horário brasileiro, dia 1º de Abril, mas acabou transferido para às 3 horas da manhã do dia seguinte. Ou seja, 7 horas e 5 minutos depois de marcado. Quando voei, já estaria em Lisboa caso meu vô não tivesse atrasado. Voltei então para casa, depois de deixar minha avó em suacasa e comer uma pizza com meu pai e minha irmã.

Em casa li, descansei, comi, vi TV e recebi um primo, tios e minha outra avó. Dormi um pouco e eis que chegou a hora de retornar ao aeroporto. Fui e embarquei, num vôo apertado, ao lado dum suíço que, num português bastante ruim, me perguntava o que eu fazia em Portugal. Vale.

Cheguei em Lisboa. Tive de esperar mais de 20 minutos pelo autocarro que nos buscaria na pista. Inspecção na Imigração, temor na hora de pegar a mala, e depois táxi.

Tomei o autocarro para Coimbra. Dormi, pois estava deveras cansado com tudo isto. Acordei de súbito e temi que tivesse passado de Coimbra. Felizmente, isso não aconteceu. A viagem seguiu monótona sob um clima frio e chuvoso. Finda o inverno no Hemisfério Norte. Chego à Estação de Autocarros de Coimbra.

Tive bastante medo de não encontrar o senhorio quando cá chegasse. Precisava pegar com ele a chave da casa para poder entrar e não tinha nenhum contacto com meus amigos que cá vivem. Mas facilmente falei com ele por telefone e, depois de uma busca meio desesperada de táxi por seu endereço, obti a chave. Fui para casa.

A casa estava vazia. Estranhei, e vi depois que mesmo Coimbra estava meio esvaziada. Depois eu soube que a UC está de recesso devido à Semana Santa. Assim sendo, comecei à chata tarefa de arrumar minhas coisas no quarto. Pensei em tomar banho, mas não consegui ligar o gás e, como a água estava demasiado fria, tive de deixar o banho para depois. Somente hoje consegui ligar o aparelho de gás e provar de um bom banho.

Desde então, não muita coisa fiz além de dormir, ler, usar a internet, comer e flanar pela cidade. Tive ontem à noite uma dor de cabeça horrível, mas já melhorou. Espero que os próximos dias sejam, de facto, melhores.
|

domingo, abril 01, 2007

Hoje viajo para Portugal. Alegria pelas terras e gentes quye reencontro, saudades das coisas queridas que por cá deixo...
 
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com Acessos: